Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Pela Cidade
Chá Feminino de Adesão ...

-----------------
Tnews
Flanelinhas Soltos...

-----------------
Tnews
Sem Retorno...

-----------------
Tnews
Bagunça da ENEL...

-----------------
Egames
Lançamentos da Semana...

-----------------
Em foco
Assim se Faz Campanha...

-----------------
Fernando Mello
Celeiro da Corrupção...

Degustação

“A senhora gostaria de provar um pedacinho?”. Quem nunca foi abordado por uma degustadora, em um mercado ou loja? E o pior: quem nunca acabou comprando o produto depois de provar? Eu, por exemplo, sempre caio em tentação! Raras são as vezes que eu como aquele pedacinho delicioso da maçã do paraíso e não caio na lábia da astuta vendedora!

Pois bem, com o cinema não é diferente. Pelo menos, não pra mim! O que é o trailer afinal? Um pedacinho daquele doce maravilhoso e irrecusável! Um teaser afinado que é feito de propósito para deixar a gente com água na boca. Não tem jeito, depois de assistir a um bom trailer ficamos com aquela vontade insaciável de correr para comprar o ingresso do outro filme... O pior é quando a produção exibida no trailer ainda não está em cartaz... E, nesse caso, temos que esperar pacientemente a estréia.

Bem, estou relatando essa situação, pois, neste exato momento, estou passando por essa aflição que antecede uma pré-estréia bem específica: “Jurassic World: Reino Ameaçado”. Mal posso esperar para ver a sequência de uma das sagas cinematográficas que mais marcaram a minha infância: “Jurassic Park”! Esta sequência significa tanto pra mim – e garanto que para muitos da minha geração – que a cada novo pôster, a cada novo trailer, a cada notícia publicada sobre a película que está por vir, minha adrenalina dispara e eu duplico, triplico, quadruplico a minha vontade de assistir. Parece – e talvez até seja! – coisa de criança mimada, que fica insistindo, sem parar, para a mamãe levar no cinema. Contudo, a vontade é, de fato, muito grande! A verdade é que eu quero ir logo comprar meu ingresso, ver o filme na versão 3D, depois na versão normal... Degustar o áudio original, os efeitos especiais... (sim, “Jurassic World 3” já está confirmado para 2021), etc. Enfim, sou aquela fã incontestável, que passa o filme todo torcendo para que a projeção não acabe...

E, para minha felicidade, esta semana descobri mais uma coisa maravilhosa: o primeiro filme desta série vai ser exibido nos cinemas novamente por uma razão muito especial. O motivo é nobre: a primeira parte desta aventura – a que deu origem aos outros quatro filmes – está, digamos assim, fazendo aniversário. Em 2018, faz 24 anos (isso mesmo, o lançamento do primeiro filme foi em 1994) que a produção, dirigida por Steven Spielberg, arrebatou meu coração e todas as três estatuetas para as quais recebeu indicações na Cerimônia do Oscar (Melhores Efeitos Visuais, Melhor Mixagem de Som e Melhor edição de Som). Pra quem não se lembra, “Parque dos Dinossauros” (em português) contava a história de um empreendedor bilionário que resolveu investir em um verdadeiro Parque de Temático, cuja atração principal era os dinossauros, os quais ele conseguiu, através de pesquisas científicas, tirar da extinção e trazer de volta a vida. Com os animais pré-históricos recriados em laboratório, o sonho se tornou realidade. Só que o que parecia ser apenas sucesso acaba dando “problema”, uma vez que a experiência sai do controle.

No que tange a nova produção, que estréia no próximo dia 21 e junho, há diferenciais em comparação aos anteriores. De acordo com as primeiras informações, este será o Jurassic Park com mais dinossauros em cena. O número de “predadores” ultrapassa mais do que aparecem em todos os outros filmes da série somados. Da pra imaginar o impacto disso na telona?Além disso, foram convocados os já conhecidos Tiranossauro Rex e Velociraptor. Assim como o filme anterior já sugeria, haverá inclusive um geneticamente modificado chamado de “Indoraptor”, previamente batizado pelo elenco como a "besta assassina psicótica".

 

Se você conhece a saga, junte-se a mim e compre seu ingresso. Se não teve ainda a chance de conhecer, nunca é tarde. Fica a dica!


-----------------
Cultura e Cinema
DIZ pra mim...

-----------------
Cultura e Cinema
Para Todos os “Miminis” Que Já Odiei

-----------------
Cultura e Cinema
DIZ pra mim

-----------------
Cultura e Cinema
Festival MIMO de Cinema Paraty

-----------------
Cultura e Cinema
Para Idosos

-----------------
Documento
Pesquisas para Confundir...

-----------------
Documento
O Voto Útil Transformador...

-----------------
Documento
A Ameaça dos Mitos na Políti...

-----------------
Documento
O Aparelhamento Político nas ...

-----------------
Documento
O Perigo do Etnocentrismo...

-----------------
Documento
Falsas Informações: Prejuíz...

-----------------
Documento
Desenhos Animados: Benefícios...

-----------------
Documento
As Inevitáveis Alianças Pol...

-----------------
Documento
Manobras na Beira do Caos...

-----------------
Documento
Esquecimento: Indicação de A...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns