Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Pela Cidade
Causaram Impacto...

-----------------
Em foco
Câncer de Mama...

-----------------
Internet
Você Foi Enganado!...

-----------------
Informes
Audiência Pública...

-----------------
Informes
Músicos na Pestalozzi...

-----------------
Dnutricao
Aquele Café Depois do Almoço...

-----------------
Tnews
Sofrimento Diário...

Um Panorama Cheio de Dúvidas

A verdade é que, quando o silencio obsequioso se instala, dá margem às mais diversas especulações. Não existem declarações taxativas ou fatos comprováveis, pois os envolvidos se esquivam sorrateiramente e estão esperando os movimentos dos demais e do imponderável também. A política na cidade vive um momento de imersão no universo das falácias.

Vou tentar, num esforço de raciocínio, desenhar possíveis panoramas para aclararmos os acontecimentos e fazer variados quadros de possibilidades. A questão é a seguinte: O prefeito de Niterói, o Rodrigo N. aponta para uma eleição estadual desde o período da eleição passada. Aliás, um dos argumentos de convencimento para o deputado Comte Bittencourt aceitar concorrer na sua chapa como vice prefeito, foi que iria se desincompatibilizar no segundo ano sua gestão, para candidatar-se a governador do Estado do Rio de Janeiro. 

No decorrer deste tempo, fatos novos se somaram, com crise econômica nacional, falência do Estado do Rio de Janeiro e até citações do nome do prefeito nas investigações da Lavajato. Rodrigo N. tem estreita conexão com o empreiteiro, Ricardo Pessoa, da UTC, preso desde o início da operação, com deleção premiada ajustada e ainda não esclarecidas integralmente. Daí especula-se que o prefeito Rodrigo N. vá se complicar com possíveis delações, ou agora com as investigações do Ministério Público em relação às obras da Transoceânica, que também tem com executor das obras, a UTC de Ricardo Pessoa.

Tudo pode acontecer, inclusive brandas e inócuas revelações que não impeçam o prefeito de candidatar-se nas próximas eleições.

A outra possibilidade é de que ele desista da candidatura ao governo, temendo encontrar um Estado falido, e com conseqüências desastrosas para ele, e candidatar-se ao senado. Existem estas duas possibilidades. Daí, confirmando-se a sua renúncia ao cargo de prefeito abre-se outras novas discussões e possibilidades. Pela lógica, assumirá o cargo o seu vice, o deputado Comte Bittencourt. Entretanto, como Comte até o momento continua licenciado deste cargo de vice prefeito e continua deputado, alguns “interessados” passaram a especular que ele não mais poderia assumir este posto, visto que o presidente da Câmara, Paulo Bagueira substituiu o prefeito no curso deste mandato. Este fato, juridicamente insustentável até aqui, impediria o vice a retornar e assumir o cargo, por uma filigrana jurídica regimental do município. Na verdade, não encontrei esta razão jurídica. Se é que existe, ainda não tive acesso. 

Entretanto, a partir desta possibilidade, entram no tabuleiro político as seguintes questões: O vereador e presidente da Câmara Paulo Bagueira, pelo seguir lógico, deverá se candidatar a deputado Estadual. Se a possibilidade de assumir o cargo de prefeito existir, obviamente ele desistirá das próximas eleições, visto que “cairá no colo” o maior cargo da cidade, sonhado por muitos. Por outro lado, a condição do Bagueira é privilegiada. Ser presidente da Câmara dos Vereadores de Niterói, com a receita que dispõe, é melhor que ser prefeito de muitas cidades do Estado. Tem muito prestígio e poder, algo que político não rejeita. 

Por outro lado, duas possibilidades se abrem: se Bagueira virasse prefeito, o cargo de presidente da Câmara ficaria vago, assim como, se ele se eleger deputado estadual. Aí, aparecem mais dois personagens neste tabuleiro. O vereador Gallo, atual secretário de Esportes do Município, e o líder do governo na Câmara, Milton Cal. Ambos vão disputar a presidência da Câmara.

Ainda existe outro fato agregado. Gallo trocou de partido, indo para o PPS, onde Comte Bittencourt é o presidente Estadual. Duas vertentes são possíveis: Comte assumindo a prefeitura terá um nome forte do seu partido na direção da Câmara.  Embora Comte tenha ótima relação com Paulo Bagueira, ter uma carta na manga para cobrir a outra possibilidade, é no mínimo desejável. 

Milton Cal, líder do Rodrigo N. confia na interferência do prefeito para se eleger. Entretanto, se Rodrigo N. deixar a prefeitura, perderá o poder de barganha e Cal vai ter que se garantir sozinho, que numa disputa com Luiz Carlos Gallo, ele estaria em desvantagem. Muita água ainda vai rolar debaixo desta ponte...

Os próximos meses irão demonstrar que uma dessas possibilidades irá fatalmente ocorrer. É só esperar...


-----------------
Cultura e Cinema
A Cura

-----------------
Cultura e Cinema
Adágio

-----------------
Cultura e Cinema
Não Te Condeno

-----------------
Cultura e Cinema
Misericórdia

-----------------
Cultura e Cinema
Só Meu

-----------------
Documento
Ajuda Para os Filhos dos Porta...

-----------------
Documento
Legalizar ou Reprimir as Droga...

-----------------
Documento
Cargas Assassinas...

-----------------
Documento
Reforma Política: Propostas e...

-----------------
Documento
Perigo Nuclear...

-----------------
Documento
A Revolução Planetária...

-----------------
Documento
Uma Cidade Loteada por Estacio...

-----------------
Documento
Brasil: Dúvidas e Suspeitas...

-----------------
Documento
Um Único Fato Muda Tudo...

-----------------
Documento
Amigos que Brigam por Polític...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns