Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Internet
Quem Inventou o Corretor Ortog...

-----------------
Cultura e Cinema
Degustação...

-----------------
renda fina
Degustação...

-----------------
Cultura e Cinema
DIZ pra mim......

-----------------
Tnews
Tantos Projetos... Sem Conclus...

-----------------
Tnews
Exposição Sobre Copas na SFF...

-----------------
Egames
Morreu? Nem vi......

Faz Diferença

Ser mãe, madrinha, dona de casa, esposa, filha, amiga e profissional ao mesmo tempo exigem muito mais de nós do que imaginamos e nos faz cometer mais erros - equivalente do ser humano descompromissado. Tentamos exercer todas as funções com excelência, mas somos humanos, não é? 

Nessa semana fui entregar a dieta de uma paciente muito querida, e como cada paciente é único, procuro respeitar as diferenças e as fases de cada um. Na dieta dela, estamos, no momento, alternando a ingestão de carboidratos de acordo com a necessidade média diária compatível ao seu nível de atividades. Mas, como o nosso objetivo é "secar", fiz uma dieta restrita, e no momento de exercer mil funções me esqueci de calcular a quantidade de ingestão "a mais de carboidratos" nos dias que a paciente tem maior demanda. 

Fiquei atordoada com meu erro, mandei mensagem assim que revisei e tinha me dado conta. Pedi milhões de desculpas e assim que pude ajustei a dieta e mandei corrigida. Foi uma diferença muito pequena, mas que para um profissional, sabemos que é nas mínimas diferenças que colhemos o sucesso.

 Isso me fez refletir bastante sobre aquele pequeno brigadeiro que a gente come fora da dieta, o chope "a mais" do fim de semana, o pão de queijo pra estudar... E me dei conta de que realmente o pouquinho faz toda diferença! Se ele é o que faz a diferença para não catabolisarmos músculo, para melhorarmos a qualidade muscular, para modularmos hormônios e neurotransmissores, ele mesmo vai colocar em risco todo seu empenho nos treinos e dieta.

Não se permita comer aquele “pouquinho” sempre. O pouco se torna muito em uma semana, um mês, um ano. Exceção, já diz na própria palavra! Então não faça das exceções uma regra porque faz diferença!

Até mais.


-----------------
Dnutricao
Fobia de carboidratos? Por quê?

-----------------
Dnutricao
Fobia de Carboidrato?

-----------------
Dnutricao
A Coenzima Q10

-----------------
Dnutricao
Qual é a Sua Desculpa?

-----------------
Dnutricao
Quando Utilizá-la?

-----------------
Internet
Quem Inventou o Corretor Ortog...

-----------------
Internet
WINDOWS OU LINUX...

-----------------
Internet
Sem Rastros...

-----------------
Internet
Política in Facebook???...

-----------------
Internet
Vigilância e Controle Digital...

-----------------
Internet
Isso Muito BlackMirror...

-----------------
Internet
Controle Remoto...

-----------------
Internet
Se Tá na Internet... É Menti...

-----------------
Internet
Internet Segura...

-----------------
Internet
4ª Revolução Industrial...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns