Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Edgard
Os Riscos da Próxima Eleiçã...

-----------------
Edgard
Disputa em Niterói Vai Ser Du...

-----------------
Cultura e Cinema
Menos é Mais...

-----------------
Fernando Mello
Lava-Obra...

-----------------
Documento
Insegurança: O Mal do Brasil...

-----------------
Tnews
Fornecimento de Água Interrom...

-----------------
Tnews
Demolições para Inglês Ver...

WhatsApp Falso

Nas últimas semanas foi disponibilizada uma versão falsa do whatssap. Segundo informações fornecidas pelo aplicativo, antes de ser retirado da Play Stores foi baixado por mais de 1 milhão de pessoas; mas como saber se você caiu no golpe?

Quando você quer abrir o WhatsApp para mandar uma mensagem ou dar um alô em algum grupo aparecem incômodos anúncios de publicidade? Pois bem, você pode ser uma dos milhares de pessoas que baixaram uma versão falsa do popular aplicativo.

De acordo com vários usuários da plataforma Reddit, essa versão é o que se conhece como um “ad-loaded wrapper” (um facilitador de anúncios), o que a versão verdadeira do WhatsApp não faz. Até o momento não se sabe em quais regiões o aplicativo foi baixado nem quais foram os países mais afetados. Se você está entre os usuários que fizeram o download, a orientação é apagar o aplicativo falso e baixar um novo.

Apesar de ser falsa, a versão paralela do WhatsApp parecia muito com a original na loja de aplicativos do Google. Os fraudadores conseguiram que o produto tivesse o mesmo logo do original e até estivesse associado a um desenvolvedor com o mesmo nome: “WhatsApp Inc”.

Isso foi possível porque os criadores da fraude substituíram o espaço entre as duas palavras com um caracter especial que simulava um espaço - uma sutil diferença quase imperceptível para um usuário comum. A única diferença que o usuário poderia detectar antes de baixar o app estava em letras pequenas: mais abaixo, na lista de propriedades do aplicativo, aparece o verdadeiro nome do desenvolvedor. Até o momento não se sabe se o app falso causou maiores danos aos usuários. 


-----------------
Internet
4ª Revolução Industrial

-----------------
Internet
Celular Infectado

-----------------
Internet
Celular para Maiores de 16

-----------------
Internet
Bitcoin Deve Ser Proibido?

-----------------
Internet
Fui Hackeado e Agora?

-----------------
Edgard
Os Riscos da Próxima Eleiçã...

-----------------
Edgard
Disputa em Niterói Vai Ser Du...

-----------------
Edgard
Mas, O Que É Isso?...

-----------------
Edgard
Desenho de Candidaturas...

-----------------
Edgard
Ecos do Final de Ano...

-----------------
Edgard
Um Imprevisto Tabuleiro Polít...

-----------------
Edgard
Ciclistas Aloprados...

-----------------
Edgard
Até Quando Gilmar?...

-----------------
Edgard
Vitória das Prerrogativas...

-----------------
Edgard
Renúncia do Tiririca...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns