Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Edgard
País das Chicanas...

-----------------
Edgard
Mares Literários...

-----------------
Cultura e Cinema
Festival MIMO de Cinema Paraty...

-----------------
Cultura e Cinema
Para Idosos...

-----------------
Internet
Iphones Novinhos...

-----------------
Documento
A Ameaça dos Mitos na Políti...

-----------------
Fernando Mello
Faca, Tiro e Bomba...

Sobreviva... Se puder

Cinquenta jogadores numa ilha com apenas uma missão... Sobreviver... Não, não estou falando de um novo filme da franquia “Jogos Vorazes”, mas bem que poderia ser... Trata-se da sensação do momento: FreeFire – Battleground, um game de sobrevivência disponível para Android e iOS.

No game, é permitido escolher o local para aterrissar com seu paraquedas e então começar sua jornada pela vitória/vida. Na ilha, compartilhada com outros 49 gamers que desejam literalmente a sua cabeça, é possível encontrar veículos, armamento e muitos itens que ajudam o jogador a se esconder, fugir ou enfrentar seus inimigos.

Apesar de não ser uma grande inovação, FreeFire – Battleground garante algumas horas de diversão tanto para os aficionados quanto para jogadores esporádicos. Além disso, o jogo é bem leve, se levarmos em consideração a qualidade gráfica, assim como a jogabilidade que é simples, e a grande quantidade de equipamentos e armas disponíveis. Entretanto, o melhor de tudo é que o game é 100% grátis.

Os principais diferenciais do game são a possibilidade de conversar com os aliados através do chat e a amplitude do mapa de batalha, que contem centenas de lugares para se esconder. Porém, o game peca, por não permitir grande personalização dos avatares, possuindo poucas opções de roupas e acessórios. Além disso, o mapa se torna grande demais para a quantidade de players e por vezes é necessário andar por um bom tempo para achar um inimigo.

A jogabilidade de FreeFire – Battleground tem foco em achar, armar, encontrar equipamentos e se esconder; ou atacar diretamente os inimigos para garantir a sobrevivência nos 10 minutos da partida. 

Pontos positivos: Jogo gratuito com visual excelente. Interface e jogabilidade simplificada. Não trava, inclusive os mais antigos, permite equipe de até 4 pessoas com chat de voz. 

Pontos negativos: não permite muita customização dos personagens; não possui um bom tutorial para auxiliar novos jogadores e possui mapas grandes demais para o número de jogadores. 

Se ainda não jogou, instale e faça um teste. Será que você sobreviria muito tempo num ambiente hostil?


-----------------
Egames
Aranha Humano

-----------------
Egames
Game XP

-----------------
Egames
O Mito dos Illuminatis

-----------------
Egames
Games in North Korea

-----------------
Egames
Mundo Fortnite

-----------------
Fernando Mello
Faca, Tiro e Bomba...

-----------------
Fernando Mello
A Morte Anunciada...

-----------------
Fernando Mello
Vai Votar em Quem?...

-----------------
Fernando Mello
Niterói, uma Cidade Quase Sem...

-----------------
Fernando Mello
Barcas Invisíveis...

-----------------
Fernando Mello
Uma Desastrosa Entrevista...

-----------------
Fernando Mello
Eleições Plin Plin...

-----------------
Fernando Mello
Alpinismo Político na OAB...

-----------------
Fernando Mello
Cristiano Ronaldo X Neymar...

-----------------
Fernando Mello
Esquerda Capitalista...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns