Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Cultura e Cinema
DIZ pra mim... (que eu conto)...

-----------------
Pela Cidade
76 anos da Academia Niteroiens...

-----------------
Em foco
Posse de Dalma Nascimento na A...

-----------------
Informes
Riscos dos Tratamentos Caseiro...

-----------------
Informes
ENEL Questionada em Brasília...

-----------------
Fernando Mello
De Marcha à Ré ...

-----------------
Tnews
Péssimo ASSIM...

“Canalhocracia”

Canalhocracia. Essa palavra foi popularmente inventada e circula pelas redes sociais, resumindo o atual momento político pelo qual passa o Brasil.

Estou muito impressionado com o que está acontecendo com boa parte do povo brasileiro e que rapidamente se transformou numa massa de manobra da “ala descontente” e que sempre esteve no poder nos últimos governos.

Espantada como moscas do cadáver que restou do Brasil, resultado legítimo das eleições que expressaram a vontade popular, a atual oposição tenta a todo custo tirar o governo do poder. Uma perigosa manobra.

Alucinados e vislumbrando graves problemas com a justiça, com a própria sustentabilidade e visando a manutenção do status de reis e imperadores que sempre ostentaram, políticos com “problemas” estão trabalhando arduamente para destruir a imagem do governo Bolsonaro junto aos eleitores.

Tentando a todo custo transformar o Brasil numa repugnante republiqueta de bananas a oposição se abraçou aos velhos amigos; aqueles velhos e conhecidos corruptos, incompetentes, amigos dos bandidos e que têm medo da justiça.

Logo no início do governo atual, numa trama totalmente equivocada, tentaram detonar o Sérgio Moro, único brasileiro que teve a coragem de combater a corrupção que existe no nível mais elevado da política e que resultou na prisão de ex-presidente da república, ex-presidente do congresso, ex-governadores e etc.. Não conseguiram, pois deram com a cabeça na parede diante da performance educada, cultural e de conhecimento geral imbatível que o jovem ministro possui.

Outro inimigo por interesses financeiros está localizado em órgãos da imprensa e televisão.

Está tão vergonhosa e evidente que o apoio é para que volte a política de privilégios na concessão da propaganda e outros que, como exemplo hipotético, se um cientista brasileiro de algum instituto vinculado ao governo Bolsonaro descobre a cura da Dengue, parte da imprensa vai apoiar o mosquito.

E ainda sairá em manchetes pela internet que o governo autorizou e que “Animais foram torturados para a cura da Dengue”. Claro que estou escrevendo no campo da hipótese.

Simples assim. Falando mal e dando ênfase aos detalhes inúteis. É assim que se mantêm grandes contratos com os governos. É assim que se mantêm políticos com vida de reis.

É inventando, aumentando fatos negativos que se garante o futuro dessas empresas que se acostumaram a viver mamando vergonhosamente nas tetas do governo e abraçando políticos com fins de escapar de fiscalizações mais rigorosas, de fazer “vista grossa” para eventuais ilegalidades praticadas.

O meu conceito de Bolsonaro sempre foi baseado na sua honestidade e sei que é um bronco cujas opiniões nem concordo muito.

Tentaram muito encontrar uma ilegalidade, Foram pesquisando por todo o lado, por todo o planeta e nada encontraram que possa macular a imagem de homem honesto.

Mas, não era isso que todos sempre queriam? Um homem honesto? Um político distante do conhecido “vaselina”? 

O que assisto é que o Bolsonaro é um homem comum, honesto como eu e você e que está sendo massacrado pelos interesses escusos de setores do Congresso e da imprensa venal. O que se busca, tudo indica, é a volta da “Canalhocracia”, com um colar de bandidos usurpando do nosso dinheiro dos impostos.                                                   Querem que Renan Calheiros retorne à presidência do Senado e que libertem José Dirceu para voltar a ser ministro. Mas, que “canalhocracia”!

Só acho que estão se esquecendo que o Bolsonaro foi eleito democraticamente pela maioria e não pela Rede Globo e Folha de SP. Não adianta notícias que só falam mal do presidente para aqueles que o elegeram.

Afinal, ainda estamos em maio de 2019 e o presidente nem esquentou a cadeira. 


-----------------
Fernando Mello
De Marcha à Ré

-----------------
Fernando Mello
“Canalhocracia”

-----------------
Fernando Mello
Obra nas Coxas

-----------------
Fernando Mello
Chuvas X Políticos

-----------------
Fernando Mello
Prendeu Soltou

-----------------
Pela Cidade
76 anos da Academia Niteroiens...

-----------------
Pela Cidade
Aniversário de 61 anos da CDL...

-----------------
Pela Cidade
A Enganação do BHLS de Niter...

-----------------
Pela Cidade
Posse na ANE...

-----------------
Pela Cidade
Nem te Conto...

-----------------
Pela Cidade
Aniversário de Marcia Pessanh...

-----------------
Pela Cidade
Posse na Academia Niteroiense ...

-----------------
Pela Cidade
Aplausos a Lomelino...

-----------------
Pela Cidade
Taverna do Monteiro...

-----------------
Pela Cidade
Feijoada da Taberna Monteiro...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns