Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Tnews
Era Bom, Ficou Ruim...

-----------------
Egames
Revivendo Clássicos...

-----------------
Fernando Mello
O Morro e os Encostos...

-----------------
Edgard
Perdendo a Decência da Lucide...

-----------------
Edgard
Nikitikitikeru...

-----------------
Internet
Celular Dobrável...

-----------------
Cultura e Cinema
A modinha que não sai de moda...

Um Assunto Positivo

Fico tentando escolher um assunto positivo para escrever e que torne o nosso fim de semana um pouco melhor. Tento agradar os olhos e mentes dos nossos leitores. É incrível como fica difícil comentar algo positivo neste momento brasileiro.

Gostaria de escrever sobre o mar incrivelmente azul em Itacoatiara. Mas, no dia seguinte e após as chuvas torrenciais, a água estava tomada por um monte de lixo, galhos, plásticos... 

Assim, quase todos os textos nos remetem a um sentimento comum de decepção com tudo. Mesmo que você passe um dia ótimo, é aconselhável não ligar a TV ao chegar em casa, para manter com o mesmo nível de satisfação até dormir. Claro que falo da terrível TV aberta.

Mas os brasileiros estão passando por um verdadeiro momento de provação com a baixa estima social, falta de uma boa perspectiva concreta e “cabibaixismo” (inventei agora) eleitoral.

Afinal, temos a coragem de votar sempre nos mesmos indivíduos bandidos e não pegamos em “armas” e partimos para cima deles quando constatado que as promessas eram mentiras de envergonhar Pinóquio. Estamos mudos, calados dentro de uma imensidão de ignorância. Ficamos resmungando no Facebook e WhatsApp e parece que somente isso já nos basta.

Por isso a nossa vida está como está. Precisamos de políticos novos. Precisamos ousar nos nossos votos.

Já estamos carecas de saber que o socialismo é um lindo sonho e que fica nisso mesmo. O socialismo depende de políticos absolutamente idôneos para dar certo. Como exemplo, países com sistema socialista de base e que funcionam perfeitamente são Dinamarca, Suécia e Finlândia, entre outros. Achamos que são ótimos países porque as pessoas são ricas por lá, né? Mas isso é um perfeito engano. Vive-se muito bem nesses países porque a riqueza produzida é muito bem distribuída e os impostos pagos (percentual da carga tributária muito próxima do brasileiro que é mais alta) retornam perfeitamente para os cidadãos. 

Porém e retomando o tema da desilusão e da falta de assunto positivo, o que nos resta neste país de povo imóvel e uma mudança radical no sistema eleitoral. Uma mudança no comportamento dos governos diante da violência instalada. Uma limpeza geral, radical e definitiva no Congresso.

E penso com os meus botões em fúria que isso tudo somente poderá ser feito através de eleição dos novos. Somente penso porque a minha fúria contra a corrupção é infinita. 

Deixar essas velhas raposas continuarem na direção política da nação será manter bandidos em total liberdade.

Precisamos é reagir, mesmo desarmados. Os políticos são escolhidos pelo Jornal Nacional e por parte da imprensa vendida aos interesses de grupos políticos, que bombardeiam diariamente os nomes de quem eles querem eleitos.

Acho muito estranho o silêncio do noticiário quando se fala do Aécio Neves. Ninguém mais fala do José Sarney, o imperador de Maranhão. Há silêncio profundo sobre o Renan Calheiros. Nem se ouve mais falar do Fernando Collor. Sobre o Lula, apenas comentam sobre as estratégias do julgamento.

Mas, sabe de uma coisa, leitor? Acho que precisa acontecer algum choque na sociedade para que os políticos respeitem o povo.

E esse choque social às vezes se chama tomar o poder à força, no tiro, no coquetel Molotov.

As sociedades mais evoluídas chegaram nesse patamar quando o povo trucidou corruptos ou reis e incendiou sedes dos governos bandidos. E, hoje, essas sociedades desfrutam de uma vida invejosamente bem melhor que a nossa.


-----------------
Fernando Mello
O Morro e os Encostos

-----------------
Fernando Mello
Cheque Especial Demais

-----------------
Fernando Mello
Fechar o Supremo Tribunal Federal

-----------------
Fernando Mello
Cabeça Eleitoral

-----------------
Fernando Mello
Celeiro da Corrupção

-----------------
Pela Cidade
Adesão Total...

-----------------
Pela Cidade
Pedro Genn Desiste de Concorre...

-----------------
Pela Cidade
Toda Poesia do Cecchetti...

-----------------
Pela Cidade
Encontro de Corais...

-----------------
Pela Cidade
Chá Feminino de Adesão ...

-----------------
Pela Cidade
Encontro de Apoio...

-----------------
Pela Cidade
Mérito do Repórter...

-----------------
Pela Cidade
Festa da Família Lemos...

-----------------
Pela Cidade
Encontros...

-----------------
Pela Cidade
Lançamento Eleitoral de Suces...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns