Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Edgard
Escaramuças Eleitorais...

-----------------
Edgard
Desqualificada...

-----------------
Edgard
Angelo Longo...

-----------------
Cultura e Cinema
Enigmático e Indefectível...

-----------------
Cultura e Cinema
DIZ pra mim... (que eu conto)...

-----------------
Internet
Diz Jornal in Whatsapp...

-----------------
Documento
As Inevitáveis Alianças Pol...

O Mau Espírito de Corpo

Proliferam criações de “Associações de Jornalistas” sem qualquer critério de autenticidade. Entidades de classe devem ser rigorosamente fiscalizadas para não dar margem a estes arremedos que distribuem “carteirinhas de sócio”, com a clara intenção de simular um documento de identidade profissional. Daí, muita gente, que nada tem a ver com jornalismo, se associa para possuir (certamente com má intenção) uma espécie de credencial, que é enganosa. Não que nestas “Associações” não tenham jornalistas de verdade, mas, são muito poucos, e carentes de uma investigação nessas participações. 

A grande culpa é nossa mesmo!  Por ”espírito de corpo” e corporativismo pernicioso, deixamos de questionar e denunciar certos colegas. Chegam-me denúncias de vendas de carteiras. Como se não bastasse o constante descrédito da profissão, onde analfabetos funcionais se arvoram a se apresentarem como jornalistas. Fico imaginando como seria se eu colocasse na minha porta uma placa dizendo: “Psicanalista-Consultas Populares”. Seria, no mínimo, acusado de charlatanismo, falsa identidade, prática ilegal da profissão, estelionato, exploração da credibilidade pública, e lá quantas mais, etc. 

Mas, muito picareta se apresenta como jornalista e nada acontece. 

Repito: os culpados somos nós mesmos, aceitando e “entocando” estes falsos profissionais para não “macular” certas figuras da cidade e da classe. 

Se tivéssemos um instrumento de controle, como têm os advogados, que através da OAB, controlam o mínimo saber dos associados, não teríamos a vergonha de ver, em Redes Sociais e em Pseudo-Orgãos-de-Imprensa tantos absurdos, erros crassos de gramática e ortografia. O mínimo que um jornalista precisa saber é interpretar os fatos e reproduzi-los com fidelidade à própria língua. Infelizmente a picaretagem é o que mais nos avizinha.

 

Eu já estou de saco cheio! 


-----------------
Edgard
Escaramuças Eleitorais

-----------------
Edgard
Desqualificada

-----------------
Edgard
Angelo Longo

-----------------
Edgard
Possibilidades no Ar

-----------------
Edgard
Nas Ruas Por Onde Andei

-----------------
Tnews
Sem Fiscalização...

-----------------
Tnews
Defunto Pobre...

-----------------
Tnews
Mundos Diferentes Misturados...

-----------------
Tnews
Risco de Vida...

-----------------
Tnews
Maldita Vuvuzela!...

-----------------
Tnews
Tantos Projetos... Sem Conclus...

-----------------
Tnews
Exposição Sobre Copas na SFF...

-----------------
Tnews
Imposição Religiosa no Colet...

-----------------
Tnews
A Propósito da Exclusividade...

-----------------
Tnews
Estranho Abastecimento ...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns