Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Internet
Quem Inventou o Corretor Ortog...

-----------------
Cultura e Cinema
Degustação...

-----------------
renda fina
Degustação...

-----------------
Cultura e Cinema
DIZ pra mim......

-----------------
Tnews
Tantos Projetos... Sem Conclus...

-----------------
Tnews
Exposição Sobre Copas na SFF...

-----------------
Egames
Morreu? Nem vi......

Os Riscos da Próxima Eleição

Nesse momento de tensão no Brasil, onde o reflexo de todas as eleições imprudentes e equivocadas nos leva a uma reflexão ainda mais preocupante. Há uma discussão dúbia que se diz que as “instituições” no país estão funcionando plena e democraticamente, enquanto outros consideram que não há “legitimidade”, nem no governo central, nem nos procedimentos, e ainda se diz que há uma ingerência judicial e maciça judicialização de tudo, com interferências do poder judiciário, no Legislativo e no Executivo. 

Considero que estes fatos decorrem da ausência de autoridade moral, tanto do Executivo, como do Legislativo. Se não houvesse a intercessão do Judiciário nessas questões gritantes, o país se desgovernaria de vez; certamente nos levando a uma convulsão social grotesca e sanguinária. O que falta ao governo Central é vigor moral, o que o faz um negociador acanhado, cabisbaixo e sem possibilidades de ação; a menos que faça alguma troca, oferecendo aquilo que não lhe pertence.

Ainda assim, juízes, desembargadores e ministros, tanto do Superior e do Supremo são colocados sob suspeita sem nenhuma cerimônia, por parlamentares e seus assessores bem pagos. Há uma guerra nos bastidores, que as armas são: a desconstrução de reputações, cooptações, negociatas e uma parcela da mídia que se vende ao sabor do leilão e dança das cadeiras.

Esta postura dos senadores Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann, incitando a desobediência civil, convocando a população para a desordem e violência, denota perfeitamente a apreensão do MP e da Polícia Federal, que contornam estes eventos, sob argumentos de evitar um conflito maior; mas, estas atitudes criminosas, cometidas publicamente, são explícitos delitos previstos da Constituição e no Código Penal. Se não se der um basta, eles vão prosseguir, como convém para o desmantelamento das instituições e do Estado. Tudo isso é uma técnica, com cartilha e tudo mais. Só não vê quem não quer. 

Possivelmente, vislumbram o impedimento do Lula para as próximas eleições. Daí, querem impor no grito e nos sofismas que estão sendo perseguidos, quando em verdade os perseguidores são eles. É como o batedor de carteira que rouba e grita pega ladrão! Desviam o foco dos seus crimes, na mais cínica desfaçatez.

Estas próximas eleições correm sérios riscos. Como o MP e Polícia e Receita Federal, vão estar mais atentos aos partidos e políticos, a cerca das “arrecadações” de campanha, e principalmente o caixa 2, os empresários vão se encolher e negar aquelas tradicionais doações frias. Com isso, fora a possibilidade de acesso ao Fundo Partidário, (que é dificílimo para o político que não esteja nas cúpulas partidárias), vai restar muito pouco. Qual será a alternativa possível?

Quem tem dinheiro frio e sujo, já está no risco, como contraventores, traficantes e quadrilhas organizadas.

Estes vão entrar mais firmes que antes. Vão querer eleger seus “despachantes” e aumentar a bancada.

Obviamente, não se faz eleição sem recursos. O político de melhor nível moral, aceita contribuições de empresários, mas, não faz pactos sujos, principalmente pela incapacidade de cumpri-los. Entretanto, os piores políticos, do mais baixo nível, não estão preocupados com estas filigranas legais, moral, ética e outras inutilidades, segundo eles. 

O que pode acontecer? Aquele político que tem um comportamento socialmente equilibrado, que se elege por convicção dos seus eleitores, vai ficar em desvantagem em relação aos representantes da escória. É claro que a escória organizada não está preocupada com Justiça Eleitoral, Receita e Polícia Federal, muito menos com o MP. O grande risco que corremos é termos uma eleição que vai agravar o quadro que aí se encontra. E não há nada ruim que não possa piorar. Afinal, bandido é bandido! É proibido portar armas de fogo. Pessoas de bem obedecem. Mas, os bandidos desfilam e desafiam, inclusive com armas privativas do Exército.

Nós eleitores teremos que ter muito cuidado e atenção com nossas escolhas. Vão aparecer “Salvadores da Pátria” e oportunistas, considerando que como a imagem dos políticos está muito desgastada, vão se agarrar no argumento que representam o novo, a transformação e a seriedade. Muito cuidado... Novos profetas sempre representam risco. Mas, se tivermos um pouco de interesse e perguntarmos por aí, rapidamente saberemos que aquele “gato não é lebre!”. O futuro de todos nós está numa significativa mudança, e ainda é possível, através do voto seletivo. Podemos até votar para perder, mas não podemos deixar de cuidar do que vamos aprovar. Porque o voto é uma aprovação, uma espécie de procuração para alguém nos representar.


-----------------
Edgard
Agressões Oportunistas

-----------------
Edgard
Visita à AFR

-----------------
Edgard
Para Pensar

-----------------
Edgard
Ernesto Viana Partiu

-----------------
Edgard
Desmedida Força

-----------------
Tnews
Tantos Projetos... Sem Conclus...

-----------------
Tnews
Exposição Sobre Copas na SFF...

-----------------
Tnews
Imposição Religiosa no Colet...

-----------------
Tnews
A Propósito da Exclusividade...

-----------------
Tnews
Estranho Abastecimento ...

-----------------
Tnews
Barulho do Carro de Lixo...

-----------------
Tnews
PM + Guarda Municipal...

-----------------
Tnews
Trem como Solução Coletiva...

-----------------
Tnews
A Praça dos Mendigos...

-----------------
Tnews
Equivocada Boa Intenção...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns