Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Internet
Quem Inventou o Corretor Ortog...

-----------------
Cultura e Cinema
Degustação...

-----------------
renda fina
Degustação...

-----------------
Cultura e Cinema
DIZ pra mim......

-----------------
Tnews
Tantos Projetos... Sem Conclus...

-----------------
Tnews
Exposição Sobre Copas na SFF...

-----------------
Egames
Morreu? Nem vi......

Os Inimigos e Perigos nas Eleições 2018

Diante de tantos escândalos de corrupção, com conseqüências na economia e na vida das pessoas, somado a baixa popularidade dos políticos, gerou-se no Brasil um sentimento amargo de descrença e desalento no povo. O resultado reativo de tantas insatisfações, aliado a grande desinformação jurídica, tem produzido resultados desastrosos para a Nação; e os efeitos de ações populares desordenadas têm criado mais dificuldades do que acertos na vida cotidiana brasileira.                                                            Há uma imensa e estratégica disseminação de notícias falsas, (Fak News, que consiste na distribuição deliberada de boatos via jornais impressos, televisão, rádio, ou ainda online, como nas mídias sociais), para obtenção de vantagens de ganhos políticos ideológicos. Representam perigo para a estabilidade constitucional e produz armadilhas que a população, que é a maior vítima. Estas ações intencionais visam à produção da desordem para implantação ideológica de um regime ditatorial, que já foi tentado pelos governos petistas, que felizmente falharam e obtiveram reações contrárias de diversos seguimentos da sociedade.

No meio deste tumulto econômico temos pela frente, já próxima, uma eleição para presidente da República, senadores, deputados federais e Estaduais. É a chance de mudar a configuração política no país, reelegendo apenas aqueles que realmente tiveram atuações condizentes com o cargo. Entretanto, por desinformação, e manipulação de grupos políticos interessados no caos, muita gente está se deixando levar e passam a ser “massa de manobra” acreditando estarem protestando e demonstrando uma reação.  É preciso ter muito cuidado e procurar informações equilibradas e verdadeiras. O grande perigo para estas próximas eleições é a possibilidade de tomarmos atitudes equivocadas, acreditando estar no caminho correto. Desta vertente poderemos enumerar diversas ações que irão contribuir apenas para piorar, ainda mais, a situação atual.

Os Maiores Equívocos

1 - Acreditar que uma atitude indiferente, desinteressada e reativa negativamente à política, é a melhor solução. Poderá, aparentemente, poupar-se momentaneamente dos conflitos e notícias desagradáveis, mas, a atitude de negação e omissão, permite que maus políticos, agitadores e agentes da corrupção e do caos cresçam e atuem com maior desenvoltura. Espaço vazio e sem dono é ocupado por qualquer um, principalmente pelos usurpadores e oportunistas. Os prejuízos futuros serão maiores e quem cala se submete e consente o modelo imposto, por pior que ele seja. Um voto anulado ou em branco representa uma vantagem para o mau político que se elegerá com menos votos. Só um voto de oposição será a solução para estes casos.

2- Permitir que revolta pessoal se traduza no abandono de atividades políticas participativas, incluindo a anulação do voto ou a omissão, votando em branco, resultando na criação de ambiente propício para os maus políticos, interessados em perpetuar o modo de operar, negando o progresso da educação e discernimento do povo, para que os meios utilizados pela corrupção se mantenham. (É preciso entender que o mau político – corrupto e inescrupuloso – não tem limites e montam seus esquemas de dominação do voto durante o mandato. Se precisar comprar, ele compra, se for necessário ele fará qualquer coisa, desde que consiga seus objetivos)

3- Acreditar, sem questionar, em informações que aparecem na internet e em alguns falsos jornais. Espalham noticias falsas, como é o caso da anulação do voto, que com mais de 50% anularia a eleição e propiciaria uma nova disputa com outros candidatos. Isso é absolutamente falso e pessoas de boa fé, mas, desinformadas, reproduzem esta falácia, que beneficia apenas aos maus políticos, repletos de esquemas enganosos. Quanto menos votos válidos estiverem na disputa, maior a chance de eleger os mesmos políticos, profissionais da fraude, com mandatos pífios e utilizados apenas para a perpetração de crimes.

Perigos na Rede

Um dos maiores perigos desta próxima eleição está no “território livre da internet”. Lá é permitido, por um custo quase zero, criar blogs e sites, perfis falsos nas Redes Sociais, que “opinam” criando o ambiente necessário, para atuação de outros perfis falsos, numa coordenação profissional. Estes “grupos de faks”, muitas vezes manipulados por uma única pessoa, são perigosíssimos. Eles se aproximam no Facebook e no Instagran, com simpatia e aparente desinteresse, e vão “plantando” idéias e noticias falsas, convenientes aos seus propósitos. As pessoas ingênuas, “conversam” e interagem com estas falsas pessoas e tornam-se muitas vezes, seus divulgadores gratuitos, compartilhando notícias falsas. Alguns políticos financiam grandes equipes, que se multiplicam em personagens e “grupos”, objetivando apenas os interesses desses políticos manipuladores. Na internet, tudo é perigoso e deve ser temido, apurado e policiado. Quem não tem conhecimento e meios para combater neste campo, o mais aconselhável e não compartilhar nada, nem dar espaço a desconhecidos. Atrás de uma foto de uma “jovem inofensiva” pode estar um bandido sem nenhum escrúpulo.

Atenção! Cuidado com a internet!


-----------------
Documento
Os Inimigos e Perigos nas Eleições 2018

-----------------
Documento
Os Perigosos Governos Bolivarianos

-----------------
Documento
Concessionárias: O Cliente é Sempre Refém

-----------------
Documento
Por Onde Começar a Procurar

-----------------
Documento
O Maldito Foro Privilegiado

-----------------
Informes
Apoio do Grupo do Barreto...

-----------------
Informes
Eleições na Ordem dos Advoga...

-----------------
Informes
Café Com Empresários...

-----------------
Informes
Melhor Desempenho...

-----------------
Informes
Pluft para Crianças...

-----------------
Informes
Duas Grandes Perdas...

-----------------
Informes
A OAB e as Manifestações Pol...

-----------------
Informes
19º Congresso Nacional do PPS...

-----------------
Informes
Moção de Aplausos...

-----------------
Informes
Momento de Posse...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns