Diz Jornal - Cultura e Cinema | Documento | Nutrição | Informes | Internet | Edgard Fonseca | Pelo Whats | E! Games | Fernando Mello | Pela Cidade | Em Foco

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores

Tels: (21) 3628-0552 / 9613-8634
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Centro - Niterói/RJ | 24020-270
Email: dizjornal@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO - Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
TIRAGEM IMPRESSA: 16.000 Exemplares

Newsletter
Receba nossas edições no seu e-mail.

 
 

-----------------
Edgard
País das Chicanas...

-----------------
Edgard
Mares Literários...

-----------------
Cultura e Cinema
Festival MIMO de Cinema Paraty...

-----------------
Cultura e Cinema
Para Idosos...

-----------------
Internet
Iphones Novinhos...

-----------------
Documento
A Ameaça dos Mitos na Políti...

-----------------
Fernando Mello
Faca, Tiro e Bomba...

Benzinho


Os dias atuais, cheios de incertezas no pós-governo Dilma Rousseff, com ausência de empregos, economia em declínio e mudanças significativas no comportamento social, os esforços de sobrevivência superam o espírito de corpo familiar, fazendo surgir o cinema da atualidade. “Benzinho” é o retrato da nossa vivência em 2017- 2018. 

No filme de Gustavo Pizzi, com roteiro em parceria com Karine Teles, a narrativa apresenta-se sobre maternidade e solidão. No papel da mãe, Karine Teles demonstra muito bem o lugar da mãe que assume para si não todas as responsabilidades da família. Assim como se torna a esponja que também absorve todas as dores. É o retrato do êxodo brasileiro, onde todos tentam algum tipo de fuga, e mais concretamente muitos vão para outros países em busca de trabalho, estabilidade e segurança. Esta mãe depara-se gradativamente com a desarticulação do seu núcleo familiar ao ver o mais velho de seus quatro filhos se emancipando, depois que ele recebe um convite para estudar e para jogar handebol na Alemanha. Lança esta mãe em uma espiral de conflitos, pois, além de ajudar a problemática irmã (Adriana Esteves) a lidar com as instabilidades do marido (Otávio Müller) e se desdobra para dar atenção aos seus outros filhos, 

A trama, que envolve o espectador, vibra nas cenas dinâmicas numa variação de momentos de conflito e mansidão. Os momentos de tumulto emocional são muito valorizados pelo ambiente sonoro, com variações e ampliações de som. 

Mostra a família no momento 2018, que começa a se inteirar do momento atual sem surpresa e se prepara para sair da crise com outra mentalidade, onde muita gente perdeu antigos valores, e apesar das dores, estão mais firmes no seu caminhar social.

Produzido em 2017, Benzinho tem classificação etária de 12 anos, dura 97 minutos, e tem no elenco, Adriana Esteves, Otávio Muller, Karine Teles.

Em cartaz no Cine Mark no Plaza Shopping.


-----------------
Cultura e Cinema
Festival MIMO de Cinema Paraty

-----------------
Cultura e Cinema
Para Idosos

-----------------
Cultura e Cinema
Entre a Imitação e a Transgressão Caminha a Arte

-----------------
Cultura e Cinema
DIZ pra mim... (que eu conto)

-----------------
Cultura e Cinema
Mulheres de Cinza

-----------------
Documento
A Ameaça dos Mitos na Políti...

-----------------
Documento
O Aparelhamento Político nas ...

-----------------
Documento
O Perigo do Etnocentrismo...

-----------------
Documento
Falsas Informações: Prejuíz...

-----------------
Documento
Desenhos Animados: Benefícios...

-----------------
Documento
As Inevitáveis Alianças Pol...

-----------------
Documento
Manobras na Beira do Caos...

-----------------
Documento
Esquecimento: Indicação de A...

-----------------
Documento
Dúvidas nas Eleições 2018...

-----------------
Documento
Os Inimigos e Perigos nas Elei...
 
Últimas Edições
Rua Cônsul Francisco Cruz nº 03 - Niterói/RJ | (21) 3628-0552 / 9613-8634 | dizjornal@hotmail.com
Creat by EADesigns